terça-feira, 17 de dezembro de 2013

POR QUE JESUS OROU POR PEDRO E NÃO POR JUDAS ?



Simão, Simão, eis que satanás vos reclamou para vos peneirar como trigo!  
Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça;
Tu, pois, quando vos converteres, fortalece os teus irmãos.

Ele, porém, respondeu:
Senhor, estou pronto a ir contigo, tanto para a prisão como para a morte.

Mas Jesus lhe disse:
Afirmo-te, Pedro, que, hoje, três vezes negarás que me conheces, antes que o galo cante.
Lucas  22.  31 - 34


ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE JUDAS ISCARIOTES:

O último lucro de Judas: trinta moedas de prata.
Judas convivia com Cristo, mas o seu senhor era mesmo o dinheiro; portanto, 
ninguém pode amar e servir a dois senhores. 
Assim também, Judas não o pôde.

Os apóstolos de Cristo ainda não eram convertidos, porém ouviam as palavras de vida eterna não somente com as mentes, mas as guardavam nos seus corações (espíritos) e também contemplavam os milagres que Jesus operava na presença deles.

Certamente, Judas só ouvia com os ouvidos carnais (mente) e não guardava no seu coração as palavras de vida eterna que poderiam produzir fé em seu ser. 
Ao invés de contemplar os milagres do Mestre, ele cobiçava as ofertas, ao ponto de ser dominado por elas; pois roubava parte das mesmas, as quais  eram doadas para a obra de Cristo.

Provavelmente, Judas ao perceber que a prisão de Jesus seria inevitável, o que lhe traria grande prejuízo, por não mais ser possível furtar parte das ofertas que eram depositadas sob os seus cuidados; planejou uma forma de obter seu último lucro, com o suposto fim daquele ministério. O que Judas jamais imaginaria, é que:  
"as portas do  inferno não prevalecerão contra a Igreja de Cristo"
(Mt  16. 18b).

O mal que existia em Judas revelou-se gradualmente, até que 
"satanás entrou nele"
( João 13.  27) 
e ele traiu Jesus. 
(João 18. 3).

O amor de Judas pelo dinheiro era maior do que tudo, pois ele não hesitou em entregar Jesus as  autoridades para ser preso, pela recompensa de trinta moedas de prata.



ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE PEDRO:

Simão Pedro: homem intrépido,
mas de pequena fé.
Simão ainda não era convertido, assim como os demais apóstolos.
Tinha algumas características marcantes em sua personalidade.
Era muito emotivo, presunçoso, mas transparente.
Simão Pedro desconhecia a si mesmo, e jamais imaginou que pudesse negar o seu Mestre.

Creio que o motivo do Senhor Jesus orar por Pedro, foi para que a sua fé não desfalecesse, ao ponto dele querer  suicidar-se,  motivado pela vergonha e tristeza de haver negado o seu Senhor.





A pequena fé de Simão, adquirida durante o ministério terreno de Jesus, se deu através dos  ensinamentos do Mestre e também na contemplação das  maravilhas operadas pelo Messias.  


A oração intercessória de Jesus foi de suma importância para que a fé de Pedro não desfalecesse, após ele mesmo  ter concretizado o seu pecado e constatado o mesmo
 pela lembrança das palavras do Mestre, que disse: 
"Antes que o galo cante, tu me negaras por três vezes".    

Judas ao contrário de Pedro, não valorizou as palavras de Jesus, nem tampouco seus milagres; porquanto, não alimentou  seu espírito humano durante  caminhada com Cristo; e, 
assim como Pedro, pudesse ele também acrescentar um mínimo de fé em seu coração, 
para que com isso alcançasse arrependimento e não remorso, ou seja, raiva de si mesmo. 
Como Judas Iscariotes não cultivou uma estrutura espiritual para levá-lo ao arrependimento, 
ele decidiu-se  pelo suicídio e consequentemente, a perdição eterna.


CONCLUSÃO:

Não creio que Judas tenha sido destinado a perdição, mas que ele tenha feito uso do seu livre arbítrio para alimentar a cobiça de seu coração, ao invés de encher-se das palavras de vida eterna.

O Senhor Jesus não precisaria ser traído para nos substituir na cruz, bastava somente morrer pelos nossos pecados. Todavia, Deus em Sua onisciência sabia que um dos doze trairia o Seu Filho; tornando-se com este ato, filho da perdição.

Portanto, ninguém é destinado a perdição nem a salvação, cabendo a cada um de nós a responsabilidade de nossas escolhas e a humildade de reconhecer que somos falhos e carentes da misericórdia de Deus e do amor de Jesus Cristo, Senhor e Salvador nosso!


"NINGUÉM TEM MAIOR AMOR DO QUE ESTE: 
DE DAR ALGUÉM A PRÓPRIA VIDA EM FAVOR DE SEUS AMIGOS."
JOÃO 15. 13


Paz  
seja  com  todos!!!


26 comentários:

  1. Percebo que meditas na Palavra com muita sabedoria.
    Detalhe que passa desapercebido por muitos foi o que acabei de ler. Jesus ter orado por Pedro e não Judas, está bem explicado com vocabulário simples e de muita instrução para nós que amamos aprender e guardar as revelações contidas no Evangelho.
    Vale a pena visitar o seu espaço.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Paz irmão!
    Esta mensagem requer meditação...

    No caso em questão Pedro x Judas. Existe um ponto que o irmão salientou com muita propriedade: A fé, faz a diferença no mundo espiritual, e Pedro apesar de afoito era temente e amava o Senhor, embora não tivesse consciência plena desse amor.

    Já Judas, era carnal e não conseguia absorver nada em seu espírito, o seu coração estava no dinheiro e a Bíblia diz que, onde está o nosso tesouro ali está o nosso coração.
    Aprendemos muito, porque concluímos que a fé: fez o Senhor Jesus interceder por Pedro.
    Oremos para que sejamos também intercessores de tantos "Pedros" que ainda não conseguiram assumir a Cristo Jesus.

    Paz!

    ResponderExcluir
  3. GRAÇA E PAZ , LHE AGRADEÇO POR TER VISITADO MEU BLOG QUE DEUS VENHA TE USAR MUITO NESSE VEICULO QUE SE CHAMA INTERNET

    ResponderExcluir
  4. Tentei seguir seu blog... não consegui...não está ativada esta opção?

    ResponderExcluir
  5. Sei lá Irmão, não encontrei na Bíblia nada que comprove que os apóstolos não eram convertidos. Jesus diz isso a Pedro, e Judas todos os diálogos dele com Cristo eram de repreensão. Jesus repreendendo Judas por causa da preocupação dele pelo preço do óleo que a mulher derramou nos pés de Jesus, e por ai vai...então..

    Sobre algumas das igrejas atuais, sei lá...tem dia que creio que eles apelam pedem muito dinheiro, mas em contrapartida muitas almas são salvas.

    O dono da obra é Cristo, eu só estou comentando, nada para ofender.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão Aclim, quanto ao seu questionamento no que tange a conversão dos discípulos de Jesus, devemos considerar que eles encontravam-se no período do velho testamento, mesmo que esses escritos estejam registrados na parte da Bíblia separada como novo testamento.

      Os discípulos recebiam ensinamentos do Mestre, porém o Senhor Jesus ainda não havia derramado Seu sangue para remissão dos pecados deles (e também nossos). Portanto, a nova aliança não havia sido consumada para inauguração da Igreja de Cristo.

      Exemplos:

      Também eu te digo que tu és Pedro, sobre esta pedra edificarei a minha igreja... (Mateus 16. 18b).

      Veja que o verbo edificar está no futuro, pois Cristo ainda não tinha pago o preço da nossa redenção.

      "Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como trigo!
      Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; tu, pois, quando te converteres, fortalece os teus irmãos".(Lucas 22. 31-32).

      Só após a obra redentora de Cristo e a descida do Espírito Santo (pentecoste), os discípulos não só foram convertidos, como também tornaram-se APÓSTOLOS para a formação da igreja de Cristo.

      No tocante a sua observação, de que as igrejas atuais estariam apelando por dinheiro, foge um pouco deste tema. Entretanto, em outras postagens já publicadas, como:
      "IGREJA DO SÉCULO XXI" e "DÍZIMO NA GRAÇA: Uma mentira que insiste em prevalecer", é possível conseguir maiores informações sobre o assunto.
      Sabendo-se que, independentemente de qual forma se prega o Evangelho, o verdadeiro dono da Igreja, que é Cristo vela para que Sua Palavra alcance os corações e almas sejam salvas.

      CONTUDO, devemos ficar atentos a exortação abaixo:

      "PORQUE JÁ É TEMPO QUE COMECE O JULGAMENTO PELA CASA DE DEUS; E, SE PRIMEIRO COMEÇA POR NÓS, QUAL SERÁ O FIM DAQUELES QUE SÃO DESOBEDIENTES AO EVANGELHO DE DEUS?"
      (I Pedro 4. 17)

      Paz Seja Contigo.

      Excluir
  6. He llegado desde el blog de Lucy. Si, somos responsables de nuestra decision
    Un abrazo

    ResponderExcluir
  7. Buenos días!

    Un espacio lleno de espiritualidad y de la presencia de Dios. Le felicito. Él bendiga sus pasos...

    Saludos cordiales
    Pace e Bene!

    ResponderExcluir
  8. Paz do Senhor, venho a agradecer por ter visitado e comentado em meu blog, fica com Deus e tenha um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  9. Paz,
    já estamos seguindo o seu blog há muito tempo, e podemos dizer que existem muitas palavras a ponderar, que cada um de nós poderá usar para o nosso crescimento. Parabéns e fique na paz.

    ResponderExcluir
  10. A Paz do Senhor!!

    Quando vi o título de sua postagem em minha lista de blogs, devo confessar, fiquei curioso, por até o momento nunca haver cogitado sobre isso. Então acessei sua postagem e fiquei impressionado com seu comentário, muito bem embasado e fundamentado. Obrigado pelo discurso e esclarecimento. Parabéns! Deus o abençoe sempre..
    Abraços do irmão e amigo....
    João Q. Cavalheiro

    ResponderExcluir
  11. Nós do Blog-Site BÍBLIA TUDO+, visualizando alguns blogs, encontramos o seu, e lendo seus artigos chegamos a uma satisfação, ótimos conteúdos, gostaríamos de parabenizá-lo é um blog fantástico, e pedir que continue com este foco.. Se desejar fazer parte de nossos amigos virtuais esteja à vontade, decerto que iremos retribuir seguindo também o seu blog. ai esta nosso endereço: biblia-tudomais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Tamo Junto.. Deus te abençoe.. Bíblia Tudo+ fecha parceria com você. Graça e Paz.

    ResponderExcluir
  13. Amado do Senhor Jesus,

    Sabe eu nunca havia meditado nessa questão.
    O irmão se aprofunda mesmo em seus estudos tornando-se notório o compromisso e a intimidade que tens com o Espírito da Palavra (que nos ensina todas as coisas). Que revelação maravilhosa... isso é muito edificante para nós leitores assíduos de seu blog.
    Que o Senhor em sua misericórdia derrame sobre o amado Discípulo sabedoria e muita unção.
    Nós agradecemos de coração ao Todo-Poderoso por sua vida e ministério!!!

    Com amor...
    Em Cristo,
    ***Lucy***

    ResponderExcluir
  14. Caro Discípulo de Cristo,

    Paz amado!

    Apenas para nossa reflexão:

    Estive analisando a posição de Iscariotes e as possibilidades da manifestação do seu erro, bem como, e a relação na verdade ser de seu primeiro interesse as 30 moedas de prata, ou estar embutido outros interesses possíveis.

    "Então Judas, o que o traíra, vendo que fora condenado, trouxe, arrependido, as trinta moedas de prata aos príncipes dos sacerdotes e aos anciãos, Mateus 27:3"

    "E ele, atirando para o templo as moedas de prata, retirou-se e foi-se enforcar. Mateus 27:5"

    Podemos observar que o interesse nas moedas era de certa forma surpéfluo (meu pensar), e que havia muito mais em jogo, por trás das moedas, e pelo desejo em matar dois coelhos com uma só cajadada. Vamos lá!

    Enganar aos príncipes dos sacerdortes e aos anciãos, seria a oportunidade para a 'revolta" do Mestre que, não aceitaria sucumbir diante dos homens e se levantaria para a tomada do governo e com Ele, reuniria os seus próximos (discípulos) para o atenderem com cargos elevados na política do novo Reino - pensamento de Iscariotes - na terra.

    Judas Iscariotes (na minha avaliação) não valorizou as moedas, como informam (ao meu ver) e não as manteve com ele, simplesmente, por verificar o erro cometido e pelo que de nada valeu o intento de enganar o grupo de sacerdotes na provocação à Jesus Cristo quanto a tomada do poder humano.

    Fica demonstrado (penso eu) que que muitos estão se entregando ao poder humano na intenção de conseguirem o tal poder político para suprirem suas necessidades de poder pessoal, como Iscariotes o desejava, demonstrado nesta sua ação.

    Iscariotes arrependido da sua astúcia e não pelo seu pecado, prevaricou contra a vida e suicidou-se de maneira drástica por ter sido um oportunista, e por ter aberto uma cilada em seu coração, permitindo a ação do diabo.

    Bem... falaremos mais em outro comentário.

    Um grande abraço e que o Senhor seja cada vez mais contigo, homem de Deus,

    O menor dos teus irmãos.

    ResponderExcluir
  15. Olá, Seguindo o blog, adorei.
    Nossa amei o estudo e Tbm acho que ninguém nasceu para perdição ele poderia ter se negado assim como Jesus sempre Declarou em suas Palavras. Belo Post!

    (Comente e Siga-me)

    http://marcellyrosa.blogspot.com.br/ M.R ♥

    ResponderExcluir
  16. Prezado irmão e servo, Newton Carpintero,

    A sua análise do texto sobre a traição de Judas Iscariotes pelo viés político, é de um profundo conhecedor que medita nas Escrituras; bem como, a contemporaneidade dos fatos mencionados, nos remete a politicagem dos dias atuais em grande parte das lideranças evangélicas.

    Grato pelo seu brilhante comentário.
    Seu irmão em Cristo,
    JC de Araújo Jorge

    ResponderExcluir
  17. Caro Discípulo de Cristo,

    Paz amado!

    Permita-me receber o seu # de telefone fixo, para que possa contactá-lo, em meu e-mail: pastor,newton@yahoo.com

    Um grande abraço, nobre irmão, JC de Araújo Jorge,

    O menor.

    ResponderExcluir
  18. Seguindo o blog, ótimo post.

    "Jesus ♥ você de tal maneira! Não pereça, tente a vida eterna."
    http://gabriellyrosa.blogspot G.R ♥

    ResponderExcluir
  19. Boa Noite.


    (Post Novo, Visita Láh.)

    http://marcellyrosa.blogspot.com.br/ M.R ♥

    ResponderExcluir
  20. Desculpe perguntar, mas como você faz para colocar somente o nome do blog para clicar, quando vai comentar?

    G.R ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmã Gabrielly,
      Favor acessar o Blog da minha esposa: Fruto do Espírito. Ao comentar deixe seu email, pois ela lhe dará detalhadamente as informações por ti solicitadas.

      Fruto do Espírito

      Paz Seja Contigo,
      JC de Araújo Jorge

      Excluir
  21. Jesus recomenda que Judas faça o que tem que fazer depressa (Jo.13.27). Isso assegura que a ação de Judas estava debaixo do conhecimento de Cristo e predeterminação de Deus (At.2.22-23).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Elde,

      O Senhor Jesus era O Ungido de Deus, portanto, por um dos dons do Espírito Santo sabia que Judas iria traí-Lo.

      Quanto a presciência de Deus em saber todas as coisas antecipadamente, não significa que Ele (Deus) participou da traição de Judas Iscariotes, pois Deus é Santo e não compactua com o pecado, mas sabe que o que ama o dinheiro certamente cairá na tentação do diabo pela própria cobiça e a mesma o levará a perdição eterna.

      O que passar disso é opinião de homens, que algumas vezes influenciados pela doutrina calvinista, tendem a crer num deus fatalista e um tanto quanto estranho ao verdadeiro Deus de Justiça, Misericórdia e Amor.

      Paz Seja Contigo,
      JC de Araújo Jorge

      Excluir

As refutações serão devidamente respondidas!
Não serão publicados comentários com os seguintes conteúdos:
- Palavrões;
- Conteúdos Ofensivos;
- Comentários Anônimos;

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...